Home / Noticias / Capivari do Sul é contemplado com projeto de saneamento básico
Capivari do Sul é contemplado com projeto de saneamento básico

Capivari do Sul é contemplado com projeto de saneamento básico

Com o projeto em mãos, será mais fácil buscar recursos para a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto

 O município de Capivari do Sul recebeu, dia 25 de setembro, o projeto Básico do Sistema de Esgotamento Sanitário da FUNASA – Fundação Nacional de Saúde para a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto em Capivari do Sul. Os estudos, elaborados em parceria com a UFRGS, contemplam 34 municípios do Rio Grande do Sul, além de outras 15 cidades gaúchas que receberam certificados de Planos Municipais de Saneamento Básico. Os projetos, que visam beneficiar 370 mil pessoas, tiveram um investimento de R$ 6 milhões para a elaboração e R$ 500 mil para licenças ambientais. “É importante deixar claro que Capivari foi contemplado com o projeto, que será concluído em dezembro deste ano. Somente para elaborar esse projeto, havia um custo muito grande com licenças ambientais e para a criação da parte técnica. A realização da obra é outro passo. Mas, com o projeto pronto em mãos, com certeza ficará mais fácil de captar recursos”, disse o vice-prefeito Leandro Monteiro, que recebeu o projeto acompanhado dos vereadores Manoel Dias e Paulo Silva.

O objetivo da Funasa em proporcionar o apoio técnico e financeiro para o desenvolvimento das ações, é universalizar o saneamento no Brasil até o ano de 2030.

A entrega dos projetos se reveste de grande importância para os municípios beneficiados, uma vez que, segundo a Lei Federal Nº 11.445/2007, que estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico, só receberão qualquer recurso federal, os municípios que tiverem um Plano Municipal de Saneamento Básico, que deve ser apresentado até 31 de dezembro de 2019.

A solenidade contou com a presença de representantes da Secretaria Geral da Presidência da República, Funasa, Secretaria de Obras/RS, Corsan, Emater, Ministério Público, municípios contemplado, entre outras autoridades.

 

Responder

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*